28/08/2009

Espera sentado!

Muita gente reclama que a rua não é calçada ou asfaltada. Ocorre que nas ruas que fazem divisa com a Praia do Sonho e Praia da Pinheira, verifiquei uma situação interessante.
As ruas são calçadas, mas o gasto com isso é feito pelo proprietário do terreno onde passa a rua.
A comunidade se reuniu e resolveram com a seguinte decisão: cada um fica responsável pela rua parte na rua, que corresponde o limite de sua casa, arcando com as despesas de material e mão-de-obra, sem esperar pela prefeitura.
E que não aceitar, tem a sua parte da rua "ignorada", sem calçamento, calçadas e com barro ou mato tomando conta.
Eu vi algumas vezes a rua calçada e somente um pedaço dela sem calçamento. Até aí tudo bem, se eu não tivesse encontrado uma enorme quantidade delas nesta situação estado. E comecei a perceber que a maioria das ruas tem um pedaço delas sem calçamento:






Imaginem se em todos os bairros, de todas as cidades do mundo, das pessoas fizessem assim: eu não quero asfaltar ou calçar a minha "parte" da rua... o mundo seria uma colcha de retalhos.
Agora, eu não sei se é menos pior fazer assim - onde cada um faz a sua parte - ou esperar pela prefeitura.
Aliás, se optar pela segunda opção, segue uma dica que encontrei numa estrada não asfaltada nem calçada aqui em Palhoça:

Espera sentado!