16/10/2009

Comédia da vida (da) privada

Desculpem-me pela ausência, mas a correria é grande, principalmente por conta do mau tempo que temos, MAS não é por isso que deixo de ficar atento aos "detalhes" nas minhas idas e vindas pelas localidades da cidade.


Percebi que ainda há casas que usam aquelas privadas - também chamadas de patentes - que ficam do lado de fora da casa. Corajoso aquele que enfrenta uma madrugada fria, com chuva e vento para aliviar a dor de barriga. Eu não conseguiria, principalmente nas que eu "encontrei" pelo caminho.


Uma delas fica na beira da estrada, no alto de um barranco e pelo menos, quem estiver passando (e apertado) pode parar e ainda tem vista panorâmica:




Uma outra fica na beira da estrada - e funciona - porque tinha um tio saindo dela quando eu estava passando. Inclusive, eu "a encontrei" porque era o endereço de uma pessoa que eu estava procurando, mas no lugar, a casa não existia mais e "esqueceram" de levar a privada:




Uma outra - e eu espero que esteja abandonada - pelo menos tem a placa indicativa do que se trata, para que ninguém entre enganado, mesmo porque fica no meio de um ferro-velho:





A que eu acho bonitinha é uma que tem uma estrela de Natal. Fiquei curioso em saber se quando está ocupado, a estrela pisca. E só espero que o Papai Noel não troque a chaminé da lareira pela privada e jogue os presentes por ali:





E para finalizar: a campeã.

Ponto de referência que me deram: casa onde tem uma privada em cima do muro. E achei!