08/07/2015

6º Bazar Beneficente | Foi dada a largada!

“As pessoas esquecerão o que você disse, as pessoas esquecerão o que você fez...
Mas elas nunca esquecerão como você as fez sentir.” 
(Chico Xavier)


Hoje foi meu primeiro dia de trabalho depois de um mês de férias. Novos mandados (muitos!) e novas regiões. Uma delas, a comunidade Frei Damião, considerada a mais precária da Grande Florianópolis e talvez de Santa Catarina.

Para quem não sabe, ao lado, imagens do local. Isso que eu não fotografei uma boa parte! É chocante, parece montagem, mas não é. Sim, nos dias de hoje ainda há lugares assim. Ainda há famílias que vivem assim.

Nessas horas que eu sinto vergonha de reclamar de alguma coisa. Vejo que, apesar de todos os problemas, seja de infra-estrutura, falta de condições básicas, as pessoas ainda são felizes.

Porém, para tudo há um ponto positivo, sempre!

O ponto positivo é o carinho com que as pessoas me recebem, a alegria da criançada quando me encontram ou quando levo algum amigo ou conhecido junto comigo. É mais do que gratificante perceber que todos lá se sentem valorizados, seja por um "bom dia" ou um papo qualquer.

A alegria das crianças com coisas simples é contagiante. Um me chama para mostrar - com orgulho - seu tênis novo (na verdade é usado, doado). Outro me conta, empolgado, que na sua casa tem chuveiro, coisa que não tinha há algum tempo atrás. Coisas simples, que para muitos passa despercebido.

Também para quem não sabe, todos os anos eu realizo um BAZAR BENEFICENTE na comunidade Frei Damião. Muitos devem estar perguntando: porque não doar ao invés de cobrar?

Pois bem, muitas - e na maioria das vezes - tudo era doado (roupas, alimentos e brinquedos) - mas muitas vezes vi minhas doações jogadas num lixão ou num terreno baldio. Uma tristeza enorme.

Desde então, comecei a fazer o bazar e cobrar pelo o que é "comprado".

O diferencial é que - se ao chegar no local do bazar e a pessoa gostar do que viu - leva! Nem que seja por um centavo ou, se for o caso, de graça. Isso tudo pois percebi que é muito mais útil algo que a pessoa procura a algo que ela ganha sem esperar e talvez, sem precisar.

Na minha visita hoje na comunidade Frei Damião, muitos me perguntaram se eu tinha a intenção de fazer o Bazar Beneficente. Como várias pessoas perguntaram, quis saber o porquê da necessidade de fazê-lo. Simples: com a realização do bazar, as pessoas que precisam vão escolher o que realmente querem. Muitos reclamaram que eu doei coisas para famílias que jogaram fora ou trocaram por drogas e com a realização do bazar, isso provavelmente não acontecerá.

PORTANTO, ESTÁ LANÇADO O 6º BAZAR BENEFICENTE!

COMO AJUDAR
Limpando seus armários, suas gavetas e avisando seus conhecidos para fazer o mesmo! Vale roupas, utensílios domésticos, calçados, brinquedos, livros e itens de decoração.

Recolha tudo até o dia 22 de julho!

Pontos de entrega das doações:

PADARIA MÃE MARIA
Rua Pascoal Mazzili, nº 10 - bairro Brejaru - Palhoça/SC
Telefone (48) 3344-0133 - Horário: 8h {as 20h

FÓRUM DE PALHOÇA - Central de Mandados (sala 128)
Rua Hilza Terezinha Pagani, 409 - bairro Pagani - Palhoça/SC
Telefone (48) 3287-5525 - Horário: das 12h às 19h

LOJA TULIPA VERMELHA
Rua Treze de Junho, 840 - bairro Flor de Nápolis - São José/SC
Telefone (48) 3094-8610 - Horário: 9h às 12h e 13h30min às 18h.

IMPORTANTE: para quem não puder entregar nos locais informados, entrar em contato no e-mail contosoficiais@gmail.com para que possamos organizar o recolhimento de doações (somente na Grande Florianópolis)

O BAZAR:
Será no sábado, dia 25 de julho, anexo à Padaria Mãe Maria no bairro Brejarú em Palhoça/SC. Com início às 9h e término próximo das 17h. Para quem quiser ser voluntário no dia, pode obter informações de como chegar no local no telefone (48) 3344-0133.



Compartilhe a imagem acima nas redes sociais e por e-mail!
CONTO COM VOCÊ!