Citações

Este é um espaço para deixar registradas pequenas situações que fazem uma grande diferença. São frases, expressões, ditas por crianças que mostram o carinho e a inocência, fazendo o dia de qualquer um mais feliz...

:: "Marquinho, tu podia ser meu irmao, né? Daí a gente podia morar tudo aqui e brincar todo dia junto." • Erick, 9 anos, morador da comunidade Frei Damião, quando fui entregar brinquedos de doação - em 08/05/2012

:: "Ei, tem alguma coisa de vestir aí?" • essa frase (que eu pretendo não ouvir mais) veio de uma menina quando eu estava levando brinquedos na comunidade Frei Damião, assim que o tempo começou a esfriar - em 22/05/2012

:: "O que eu mais queria é que minha mãe me desse "bom dia" quando acordasse..." • Laís, 10 anos, na comunidade Bela Vista, em Palhoça - em 23/05/2012






:: "Ó, Marquinho, presente pra ti, pra pendurar no espelhinho do teu carro" | Bolinha de Natal achada por uma criança num lixão da comunidade. • Maike, 9 anos, na comunidade Frei Damião em Palhoça - em 29/05/2012





:: "Eu te acho tão lindo que parece um macaquinho" • Juliana, 8 anos, como forma de agradecimento por eu ter dado uma caixa de giz de cera - em 30/05/2012




:: "Oi, Marquinho! Sai do teu trabalho e vem brincar comigo!" • Ariel, 06 anos, na comunidade Frei Damião, em 01/06/2012





:: "Bom dia, Marquinho. Eu sei que ainda sou criança mas um feliz dia dos namorados pra você..." • Cassieli, 9 anos, na comunidade Frei Damião - em 12/06/2012





:: "Ó Marquinho, eu fiz pra ti. É um super-herói, que nem tu." • Ivan, 9 anos, bairro Bela Vista, Palhoça/SC - em 14/06/2012









:: - "Sabia que hoje é meu aniversário?

- Que legal, parabéns! - respondi
- Não! Tem que falar assim: FELIZ ANIVERSÁRIO, ALAN. E DEPOIS ME DÁ UM ABRAÇO E DIZ: PARABÉNS, porque lá em casa ninguém fez isso ainda." • Alan, 9 anos, bairro Bela Vista em Palhoça/SC - em 18/06/2012


"- Marquinho, tu tem pai?
- Meu pai tá lá no céu.
- Ele morreu ou tá viajando?
[vontade de rir vendo a carinha de inocente]
- Não, ele já morreu.
- Tá. Mas não fica triste, hoje mesmo vou falar pro meu pai te adotar..."
Carlos, 8 anos, comunidade Frei Damião em 11/07/2012






"Marquinho, te acho tão bonito de coleira branca..." - Tamires, brincando de índio com seu primo Ismael - se referindo à gola da minha camisa, em 13/07/2012









- "Vó, porque tu não namora com o Marquinho? Daí ele podia morar com a gente!" - Mirian, 05 anos, na comunidade Frei Damião, em 28/09/12










"Oi, Marquinho. Fiz um desenho pra você. Eu, você e minha professora. Usei o lápis de cor que você me deu no ano passado" - LARISSA, 09 anos, Jardim Aquarius, Palhoça, SC, em 16/10/12










Passei na comunidade Frei Damião hoje no período da tarde onde fui parado por várias crianças. No grupo estava Guilherme, de 7 anos que disse: "QUE BOM QUE TU NÃO MORREU!" - (deu vontade de rir) pois fazia tempo que eu não passava por lá. 
Todos encostados no carro ouvindo minha explicação de que eu estava trabalhando em outros bairros, mas que logo voltaria pra lá. Um deles disse: "vai morar lá em casa, tem um quarto vazio, tu pode ser meu irmão". 
A foto é antiga, mas é do meu carro, que sempre fica cheia de "mãozinhas" cada vez que passo por lá. O carinho daquela criançada não tem preço, vale até o carro voltar sujo.

4 comentários:

  1. Marcos, sua atitude é exemplar, as vezes quando estou meio desanimado, olho o seu blog e vejo o quanto é importante se ter uma causa por que viver. Parabéns, que DEUS te ilumine. Abracos do amigo. Dirceu - Curitiba.

    ResponderExcluir
  2. Até derramei lagrimas lendo... Senti saudades do tempo da magistério em que recebia esse retorno das crianças onde fiz estágio... Bons tempos...

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Marcus..até me emocionei com essas frases, você é uma pessoa muito iluminada e te admiro muito!

    ResponderExcluir
  4. Essa paixão pelo social, faz a diferença na vida de muitos... coração gigante...Parabénss !!!!

    ResponderExcluir